Carregando

Programa - Coral

Separador Gisele

O CORAL:

As OFICINAS DE CANTO CORAL,tiveram início em junho deste ano, reunindo os professores inscritos em torno de atividades de percepção, linguagem musical, fundamentação teórica para canto e regência e PRÁTICA DO CANTO E DA REGÊNCIA. As atividades estão acontecendo no CENTRO DE AÇÃO CULTURAL, da Secretaria de Cultura do Município de Maringá, pois os trabalhos são subsidiados com recursos do edital TERRITÓRIOS CULTURAIS. Os objetivos desta proposta é dar formação básica aos professores, especialmente de Música e Arte, para realização de atividades em Educação Musical através do CANTO CORAL. São 43 professores da Educação Básica frequentando. Eles vem das escolas públicas e particulares de Maringá. Estão se desenvolvendo através das atividades e aplicando os conteúdos com seus alunos. A apresentação dos resultados prevê a apresentação conjunta entre alunos e professores.

A MAESTRINA:

Goreti Maranho - Licenciada em Música pela Faculdade Marcelo Tupinambá, São Paulo; Cursou como aluna especial as disciplinas do Curso de Regência Coral na Universidade Estadual de Maringá .Especialista em Educação pela UNIBEM- FIES, Curitiba. Frequentou as classes de canto erudito e popular, sendo orientada por Marcos Leite ( Ganganta Profunda), Marisa Fonterrada (Unesp), Kátia Lemos (Garganta Profunda), Lúcia Passos e Gisa Volkmann (UFRGS), Malu Cooper (RJ). Tendo despertado o interesse por regência desde a formação acadêmica, aperfeiçoou-se com Lucy Shimith (UEL), Maria José Chevitarese (UFRJ), Patrícia Costa (RJ), Pablo Trindade (Uruguai), Henry Leck e Tim Brimmer( Indianápolis, USA), Teruo Yoshida (OSESP), Elias Moreira da Silva (Meninos cantores de Saint Paul, Londres), Marco Antônio de Almeida (USP). Atualmente rege os corais, COPEL de Maringá e Coral da Oficina Coral, SEMUC. Faz a orientação vocal e arranjos para o  " PLANTÃO MUSICAL",  da Sociedade Médica de Maringá , preparadora vocal e Cantora do Projeto “DO TEATRO MUSICAL BRASILEIRO, um musical, contemplado pelo PRÊMIO ANICETO MATTI 2017. Além dos trabalhos com canto e regência é integrante do Novo Trio, grupo de Música Popular Brasileira, com ênfase no nascimento dos gêneros nacionais e No bico da chaleira, Samba e Choro. Realizou em 2018 os Espetáculos “Diáspora- Patrimônio Musical Afro brasileiro”- PRÊMIO ANICETO MATTI e “Fazendo a feira com NOEL”, também PRÊMIO ANICETO MATTI.